sábado, 5 de março de 2011

Pandora de Anne Rice

Siiim, mas um livro da Anne Rice.
Para quem não sabe estou comprando a série Crônicas Vampirescas da Rice, faltam só dois (e já comprei os dois das Novas Crônicas Vampirescas - que o livro em questão faz parte) ... A Fazenda Blackwood e a Sangue e Ouro. 

Mas vamos ao livro
Pandora


Primeiro vou falar da capa, esse é o único que a capa é fosca. E ficou maravilhoso! A moça, o reflexo, muito bom, gostei bastante.

O livro trás a história da vampira Pandora, que nasceu em Roma, por volta de 15 a.C., essa parte da história é muito detalhada, fala do cenário de Roma na época, com filósofos, poetas (quero ver Ovídio), costumes e como era mais ou menos o dia a dia. Pandora na verdade chama se Lydia.
E quando tinha dez anos conheceu Marius (ainda humano) e se apaixonou por ele. 
Pandora tinha tudo para ser o melhor livro de Rice, até mesmo melhor que A Rainha dos Condenados, porém contudo todavia, Rice deixou a desejar. 
Contou direitinho tudo de quando Pandora era humana, desde sua glória até a ruína da família. Porém, quando foi transformada em vampira, Rice contou mais umas dúzias de páginas e acabou. O grande pecado foi ter reservado apenas 202 páginas para a linda vampira amante de Marius e sua primeira grande paixão, antes de Armand e Lestat.

Pandora é encantadora, é sedutora, desde a narrativa até a personalidade, ela seduz com palavras e com a liberdade de uma mulher natural, que aprendeu a ver a vida como é e ama-la por isso. Faltaram muitas páginas, faltaram histórias, faltou mil anos de história de Pandora e suas aventuras, mas de longe é o livro que mais gostei da Rice.

Beijos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

1 comentários:

deiare disse... [Responder Comentário]

Ah sério...Eu esperavatanto desse livro, até mesmo por ela ser uma "grande" personagem.