segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Top 5 Livros de Literatura Fantástica Nacional.

Esse post foi originalmente publicado no blog GibiComCoca, onde sou colunista.

Primeiro que fique claro a IMENSA dificuldade que terei em escolher apenas 5 livros de literatura fantástica nacional, existem muitos autores muito bons nessa área atualmente e fica difícil escolher. Segundo que escolherei pelos livros já li, logo eu sei que faltaram alguns nessa lista. E por último e não menos importante, evitarei listar séries ou trilogias... Então vamos ao Top 5.

5 - Sangue de Lobo de Helena Gomes e Rosana Rios. Farol, 2010.

Sinopse Skoob: "Em 'Sangue de Lobo', um antigo original de um livro que conta uma história de mistério e morte jaz esquecido num pequeno museu em um restaurante no sul de Minas Gerais. Duas jovens, Ana Cristina e Cristiana, em viagem com a família de Ana, encontram no e leem a história. Elas ficam assustadas, pois o enredo do livro retrata exatamente o jogo de RPG que elas criaram com amigos em São Paulo. E o mais curioso - a história se passa na cidade onde vão passar as férias. Foi lá que ocorreram crimes em série no início do século XX. E, no mesmo local, 100 anos depois, volta a acontecer uma sequência sinistra de mortes - oito macabras bonecas de porcelana parecem corresponder às vítimas de um insano assassino serial. As histórias do presente e do passado se misturam a partir do lobisomem Hector, um jovem inglês do passado que luta contra a maldição da Lua Cheia."

Porque é bom: Lobisomens, assassino serial, crimes, violência e história. Tudo isso misturado numa narrativa que cativa e te prende. O final foge do senso comum e isso é o mais interessante, aliás, as deduções mais comuns não se aplicam aos mistérios que o livro apresente.

4 - O Caminho do Poço das Lágrimas de André Vianco. Novo Século, 2008.

Sinopse Skoob:  "Jonas viajava com os filhos Ingrid e Bosco por uma estrada escura. De repente os três adormecem e, quando acordam, depois de muitos sonhos agitados, se dão conta de que estão em um vasto campo verde. O carro em que viajavam desapareceu e a única saída daquele campo é um caminho formado por pedras justapostas.... É o Caminho do Poço das Lágrimas. Mas para onde os levará esse caminho? Que mistérios e perigos os esperam?" Ilustrações de Lese Pierre.

Porque é bom: Cheio de metáforas e reflexões. O Caminho do Poço das Lágrimas é um livro que tem tudo para ser infantil, mas oferece uma história tão cheia de significados e conteúdos que acho difícil uma criança ler tranquilamente este livro. Com uma narrativa emocionante, Vianco nos faz pensar sobre a vida e o caminho que levamos. Vou frisar a parte emocionante, eu chorei nesse livro.

3 - Aos Olhos da Morte de M. D. Amado. Literata e Estronho, 2010.

Sinopse Skoob: "Quem nunca teve medo da morte? Ou estremeceu a simples menção dessa palavra? Descubra, através destas páginas, o quanto você teme o inevitável. Está preparado para enfrentar a morte? Se vista de coragem, familiarize se com ela, mergulhe nestes parágrafos e descubra a dor e a beleza em cada conto. Sinto o hálito gélido da morte, encare seus olhos e deixe se beijar. Neste livro, M.D. Amado nos revela várias facetas da morte e todos os sentimentos que ela provoca no ser humano: dor, ódio, medo, saudade, revolta... E amor. Tudo maravilhosamente escrito em 21 contos emocionantes e surpreendentes, sem limites entre o mórbido e o belo. Entre, seja bem vindo. Afinal, a morte nos espera..."

Porque é bom: Como representante de uma ampla variedade de possibilidades, não poderia deixar de fora da lista, um livro de contos. Afinal, M.D. Amado consegue em contos bem diferentes nos fazer pensar e também sentir medo e nos divertimos com uma tema tão difícil de lidar. Gosto muito do tom dos contos e das histórias, apesar de curtas, conseguem nos fazer viajar do mesmo tanto que um livro de 300 páginas.

2- O Grimoire dos Vampiros, Vários Autores. Organização Georgette Silen. Literata, 2009.

Sinopse Skoob: "Eles querem seu sangue...E eles o terão... Séculos de existência trouxeram mudanças, caminhos alternativos, pintaram o cenários para novas experiências... Mas no final tudo se resumo a um único fato: sede! Inexorável e maldita, cortante e sufocante. Contra ela nem toda a força e invencibilidade faz diferença. A racionalidade se perde, o controle se esvai como areia fina entre dedos mortos... Apenas o instinto impera soberano e ditador. E os dentes brilham ao luar em satisfação antecipada. Será uma questão de tempo até que eles alcacem você. E um único gesto selará seu destino: o momento em que abrir a primeira página deste grimoire sangrento. Inevitável como o dia e a noite, seres de olhos penetrantes o cercarão, ávidos para toca lo, ansiosos para sentir a pele, inebriados pelo cheiro... Famintos por seu sangue! Amor, paixões, desejos, bestialidade, violência e muito sangue escorrem das folhas desse tomo sobrenatural. São cinquenta histórias que o perseguirão desde a primeira leitura, cinquenta diferentes tipos de maldições postas sobre suas costas. Cinquenta tentativas de alcançar a jugular do leitor distraído ao menor sinal! Arme se com sua cruz, banhe se na água benta e cerque se pelo alho antes de abrir esse livro. Mas lembre se: aqui você não enfrentará o conhecido. Não há certezas, ou garantias, de nada..."

Porque é bom: Aqui é outro exemplo da literatura fantástica nacional. Antologias temáticas, com vários autores, diferentes contos, diferentes histórias, narrativas, emoções. Nesse livro em específico, sobre vampiros, com contos que vão desde um simples fato, até descrições de coisas grotescas e feias (literalmente). Além de que, eu participo desse livro com o conto Fantasia, mas ele não está aqui por isso, foi o primeiro contato que tive, através desse livro, com um mundo cheio de possibilidades, pessoas e histórias.

1- A Batalha do Apocalipse de Eduardo Spohr. Verus, 2010.

Sinopse Skoob: "Há muitos e muitos anos, há tantos anos quanto o número de estrelas no céu, o Paraíso Celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desfiou a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio, e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o dia do Juízo Final.
Mas eis que chega o momento do Apocalipse, o tempo do ajuste de contas, o dia do despertar do Altíssimo. Único sobrevivente do expurgo, o líder dos renegados é convidado por Lúcifer, o Arcanjo Negro, a se juntar às suas legiões na Batalha do Armagedon, o embate final entre o Céu e o Inferno, a guerra que decidirá não só o destino do mundo, mas o futuro do universo.
Das ruínas da Babilônia ao esplendor do Império Romano; das vastas planícies da China aos gelados castelos da Inglaterra medieval. A Batalha do Apocalipse não é apenas uma viagem pela história humana, mas é também uma jornada de conhecimento, uma épico empolgante, cheio de lutas heróicas, magia, romance e suspense."

Porque é bom: Porque explica tudo, de Deus, à criação, dos anjos às fadas, aos espíritos, à magia, as bruxas. A história de ABdA é recheada de fantasia do começo ao fim. Entre o presente e o passado Spohr vai narrando a vida do anjo renegado com maestria, conquistando página por página o leitor. Excelente livro.


Bom... essa é minha listinha modesta. Faltaram vários livros, porém ou não li ou são séries e trilogias (talvez eu faça uma lista especial para séries e trilogias fantásticas). 
O mercado editorial brasileiro, de literatura fantástica, está bombando de livros e temas variados, com autores magistrais e histórias emocionantes. Se você por um acaso tem algum preconceito em ler autores nacionais, deixe de bobagem, pois nossos autores em alguns casos, dão de dez à zero nos gringos por aí que falam de vampiros purpurinados... heheh....


Beijos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 comentários:

Ana Carolina Nonato disse... [Responder Comentário]

Olá!

Adoreeeeeeeeeei a dica! Infelizmente eu só conhecia A Batalha do Apocalipse, mas vou tratar de conhecer os outros.
Que bom que você apoia a Cultura Nacional! :D

Abraços!

Ana Carolina Nonato
Seis Milênios

Zapataria disse... [Responder Comentário]

Quanto livro legal... Acho que o que eu ia gostar mais de ler é a Batalha do Apocalipse. Adorei o post.
Passei para conhecer e já estou seguindo, me segue também?!
Um beijo!

http://zapatariabr.blogspot.com

Aline disse... [Responder Comentário]

ótimas dicas odoro ler e dicas novas são sempre bem vindas

www.batonsepaetes.blogspot.com

Adimistrador disse... [Responder Comentário]

Simplismente , uma lista fantastica, como o tema :) eu como um adorador de literatura fantastica, gostei muito ,ótimos livros ,claro faltaram alguns , mas com certeza o primeiro lugar foi bem colocado,"Spohr" é um ótimo escritor, e um dos meus favoritos por tratar um assunto tão interessante quanto o que foi tratado,e a sua narrativa? As conversas são interessantes , a sua descrição de cenário personagens e etc são perfeitos(sinceramente eu o comparo a J. K. Rowling neste aspecto). Sua história em geral e "Fantastica" se eu ficar falando encherei a pagina com elogios , então a única coisa que vou fazer e recomendar-lhes que se possível compram essa Obra, pois não se arrependeram :)

Adimistrador disse... [Responder Comentário]

Simplismente , uma lista fantastica, como o tema :) eu como um adorador de literatura fantastica, gostei muito ,ótimos livros ,claro faltaram alguns , mas com certeza o primeiro lugar foi bem colocado,"Spohr" é um ótimo escritor, e um dos meus favoritos por tratar um assunto tão interessante quanto o que foi tratado,e a sua narrativa? As conversas são interessantes , a sua descrição de cenário personagens e etc são perfeitos(sinceramente eu o comparo a J. K. Rowling neste aspecto). Sua história em geral e "Fantastica" se eu ficar falando encherei a pagina com elogios , então a única coisa que vou fazer e recomendar-lhes que se possível compram essa Obra, pois não se arrependeram :)

Anônimo disse... [Responder Comentário]

Olá, encontrei seu blog por acaso e confesso que até ver essa lista o conteúdo me interessou. Quanto aos outros livros não sei o que dizer, não conheço, mas em relação à Batalha do Apocalipse, que tentei ler (juro que tentei!), tenho opinião formada. Achei o livro medíocre, o conteúdo fraco, diagramação e compilação do texto complicada (não complexa). Quando tentava ler ficava perdido meio a tantos títulos, subtítulos, subsubtítulos e por aí então. Os personagens são rasos e cheios de clichês desnecessários, como se para cumprir um "programa" de personagem fantástico. Mas bem, minha opinião...devia ter parado logo na contracapa quando o autor se compara ao Tolkien (a editora é do Sphor, pois é...).