sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Filme da Vez: O Clube de Leitura de Jane Austen

Olá!!!

O post de hoje é com uma dica que filme para dois tipos de pessoas específicas: quem curte uma drama romântico e para quem adora tudo sobre livros. O Clube de Leitura de Jane Austen é uma pedida e tanto para quem despretensiosamente quer saber um pouco mais sobre Austen.


O filme traz a história de um grupo de amigas que devido à perdas e depressões resolvem aceitar a proposta de Bernadette (Kathy Baker) de criar um clube do livro de Jane Austen, já todas são apaixonadas pela autora. 
Jocelyn (Maria Bello) é uma criadora de cães de raça que ao perder seu mais querido cão fica depressiva e acaba questionada pelas outras personagens se não sente falta de companhia masculina nessas horas. Sua melhor amiga Sylvia (Amy Brenneman) passa ao mesmo tempo por uma fase tempestuosa em seu casamento de mais de 20 anos, e acaba se separando de seu marido, apaixonado por outra, entrando em  um estado autodepreciativo e depressivo o que faz com que sua filha Allegra (Maggie Grace) volte a morar com ela para lhe dar uma força.


Bernadette encontra Prudie (Emily Blunt) em uma fila de cinema de filmes de Jane Austen e acaba por convidar a jovem professora de francês que frustrada por nunca ter ido à França, assim como com seu marido que não lhe dá muita atenção, preferindo os esportes e ainda confusa a ter de lidar com a atração que sente por um de seus alunos.
Para completar o clube do livro, Jocelyn acaba conhecendo Grigg (Hugh Dancy) um rapaz jovem, técnico universitário e nerd ao extremo que interessando-se por ela acaba topando ler os livros de Jane Austen para participar do livro. E isso tudo é só a primeira meia hora de filme. 

Cada personagem fica responsável pela discussão de um livro a cada mês, totalizando os seis publicados pela autora. E com o passar dos meses a história se desenrola não apenas com as discussões dos livros mais com o envolvimento de todos não só com os personagens dos livros, mas com suas vidas. Cada livro desperta um tema da vida atual dos participantes do livro, como traição, divórcio, confusões sentimentais e principalmente amor. 

(fontes: aqui e aqui)

O filme pode ser bem água com açúcar e a princípio desinteressante, mas a história e a comparação dos sentimentos dos personagens com os livros de Jane Austen nos fazem perceber quão difícil é lidar com os sentimentos e como são famosos os temas tratados por Austen. Amor, divórcio, traição, família, tudo vai mostrando aos personagens como lidar com suas próprias vidas. E no final você acaba mesmo se divertindo. Prova é que assisti com meu irmão resmungando o começo do filme e ao final ele não só dava pitacos sobre os personagens como admitiu que gostou do filme.


Achei uma curiosidade bem legal sobre o filme, que os leitores de Austen pode identificar melhor do que eu, mas quem vê o filme e a descrição dos personagens dos livros pode mais ou menos ter uma ideia da comparação feita pelo produtor Robin Swicord que explica que cada um dos membros do cluble é baseado em um personagem dos livros de Austen: Bernadette representa Mrs. Gardiner em Orgulho e Preconceito, Sylvia representa Fanny Price em Mansfield Park, Jocelyn reflete a personagem título Emma, Prudie representa Anne Elliot em Persuasão, Allegra é comparada a Marriane em Razão e Sensibilidade e Grigg representa todos os personagens masculinos não compreendidos nas obras de Austen.

(fonte: aqui)

Esse filme a professora passou o comecinho na aula (de Literatura Infanto-Juvenil) para trabalharmos a interpretação mas não conseguia nem achar para locar nem nada, essa semana que peguei ele começando na televisão (se não me engano na Fox) e adorei! Recomendo bastante esse filme!

Beijos...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

Helaina_One disse... [Responder Comentário]

Ainda não vi esse filme. Parece interessante. Meio sessão da tarde! ^^

Eu queria ter feito parte de algum clube do livro.. deve ser muito bom!


Tem um meme pra você no meu blog:
http://hipercriativa.blogspot.com.br/2012/11/meme-laco-de-incentivo-leitura.html

Espero que goste!
Desde já agradeço a visita!!

Beijusss;

soujorge disse... [Responder Comentário]

Realmente, Inútil, o filme é um barato. Conheci através da minha mãe (benza mãe!) e fiz uma cópia para mim. Repito, para mim! Mas nada se compara às obras - que são uma delícia de se folear, confesso.
Quanto a comparação dos personagens do filme com os dos livros, não achei mera semelhança. Tanto é que o Capt. Brendon, em Razão e Sensibilidade tem seu merecido reconhecimento no final. Coitado do Grigg!
Mas parabenizo pelo post, Inútil. Boa pedida.
Veja meu primeiro post oficial como blogueiro através deste link: http://soujorge.blogspot.com.br/2012/07/clube-do-livro.html